Joice Oliveira
São Paulo,
São Paulo, Brasil


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Amor?

Não vejo, não sinto, não tive, não tenho, não vivi, não vivo, não consegui, não consigo, não sei se quero, não sei se preciso, não cogito, não avisto, que não é previsto, que não é pronunciado, nem oferecido, nem de perto, nem de longe, nem hoje e nem ao longo. Não sei de sua forma, nem de seu gosto. É forasteiro viajante, calado ou atirado? Resistível, estimulante, negável ou tocante? Não sei não falo dele, não! De sua existência em mim, aqui. Este que falam as belas de pele sadia, que de suas metades deslumbras, e anunciam este sentimento ao som de líricas canções harmônicas. 

2 comentários:

  1. Nossa blog perfeito...Amei!!

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Parabéns, é você quem cria os textos? Beijos

    ResponderExcluir